O Reino Unido vai manter Portugal na lista dos países presentes no corredor aéreo.

A revelação foi do secretário de Estado dos Transportes do Reino Unido, Grant Shapps, numa nota publicada nas redes sociais.

«Continuamos a analisar a lista de corredores aéreos e não hesitaremos em remover países se necessário. No entanto, não há alterações hoje», escreveu o político.

Quer isto dizer que as pessoas que viajem do Reino Unido para Portugal não precisarão de cumprir quarentena obrigatória quando regressarem ao território britânico.