Kevin Mirallas trocou o Olympiacos pelo Everton por cerca de 7,8 milhões de euros, foi apresentado na terça-feira e logo na altura admitiu que chegou a ter negociações muito avançadas com o Arsenal, mas acabou por se decidir pelo Everton por influência do compatriota Fellaini.
Ora agora o avançado belga, que brilhou no Euro 2007 de sub-21 e já representou clubes como o Lille ou o St. Etiènne, veio acrescentar numa entrevista ao Post que não foi só o Everton que esteve interessado: o F.C. Porto também quis contratá-lo, garantiu, sem acrescentar grandes pormenores.
«Não foi só o Arsenal que me quis», disse. «O F.C. Porto também esteve interessado, assim como outro clube inglês. As discussões chegaram a ser bastante profundas. Mas depois de falar com o meu empresário e com a minha família, percebi que tomava a decisão certa em vir para o Everton.»
Mirallas é um ponta de lança de 24 anos, internacional belga, colega de Defour e Axel Witsel na seleção de Marc Wilmots. «A forma como o treinador David Moyes falou comigo também foi decisiva. Ele mostrou que queria muito contar comigo e passou-me muita confiança», terminou.