Os «All Blacks» estiveram quase sempre no comando das operações e nunca estiveram em desvantagem no marcador. Ao intervalo, a Nova Zelândia já vencia por 16-3.

No segundo tempo, os «Wallabies» ainda conseguiu voltar à luta pela vitória, graças a dois ensaios que colocaram o marcador em 21-17.

Mas os neo-zelandeses não tremeram e arrancaram para uns últimos dez minutos de grande nível. Um pontapé de ressalto do meio-campo de Dan Carter, considerado o homem da final, comprometeu as aspirações australianas e Beauden Barrett fechou as contas com um ensaio espectacular após uma longa corrida desde a zona defensiva.

A Nova Zelândia torna-se assim na primeira seleção a ganhar três campeonatos do mundo de râguebi e também a conseguir revalidar o título.