O FC Porto estreou-se este sábado com um triunfo na fase de grupos da Taça EHF diante dos espanhóis do Cuenca, por 37-26.

Sétimo classificado da liga espanhola, o Cuenca entrou melhor na partida e chegou a liderar o marcador por 7-8. A vantagem só não foi maior porque Alfredo Quintana apresentou-se em grande nível. 

Nos dez minutos finais do primeiro período os dragões dominaram por completo e construíram uma vantagem confortável, marcando 11 golos contra apenas quatro do seu oponente.

Na segunda metade, o FC Porto confirmou a superioridade, somando 17 golos contra 14 do Cuenca, garantindo a primeira vitória no grupo C. 

FC PORTO -LIBERBANK CUENCA, 37-26 

Árbitros: Péter Herczeg e Péter Südi (Hungria)

FC PORTO SOFARMA: Alfredo Quintana e Thomas Bauer (g.r.); Víctor Iturriza (1), Yoan Balázquez (2), Miguel Martins (2), Djibril Mbengue (4), Ángel Hernández (2), Rui Silva (2), Daymaro Salina (6), Leonel Fernandes (1), Alexis Borges (1), Diogo Branquinho, António Areia (6), André Gomes, Miguel Alves (3) e Fábio Magalhães (7)

Treinador: Magnus Andersson

LIBERBANK CUENCA: Kilian Ramírez e Leonel Maciel (1) (g.r.); Leonardo Dutra Ferreira (10), Martin Doldán (1), Natán Suárez (1), David Mendoza (2), Santiago Baronetto (2), Hugo López, Lucas Moscariello, Thiago Ponciano (3), Adrián Nolasco (1), Oscar Río (2), Kristian Eskericic, Sergio López e Ángel Montoro (3)

Treinador: Lidio Jiménez

Ao intervalo: 20-12