O presidente da Comissão de Coordenação do Comité Olímpico Internacional para os Jogos Tóquio2020, pediu à organização do evento para tentar reduzir o orçamento em cerca de mil milhões de dólares (853 milhões de euros).

No arranque do sétimo encontro com o comité organizador sobre os preparativos para os Jogos de 2020, o australiano John Coates pediu uma redução do orçamento previsto: 12.081 milhões de euros para os Olímpicos e 13.589 milhões para os Paralímpicos.

«O COI queria ver cortes de mil milhões de dólares nos Jogos Olímpicos de Verão e de outros 500 milhões nos de Inverno», afirmou Coates.

O vice-presidente do COI aposta nas fontes de receitas, como a venda de bilhetes ou os patrocinadores, dizendo que é possível cortar no custo de serviços na Aldeia Olímpica e do dispositivo de segurança, entre outros.

O presidente do comité organizador, Yoshiro Mori, mostrou-se disponível para explorar formas de poupança dentro do acordado com o COI.