Roger Federer qualificou-se esta madrugada para a final do torneio Masters 1.000 de Miami ao derrotar o canadiano Denis Shapovalov por 6-2 e 6-4 e torna-se no primeiro tenista a disputar 50 finais em torneios Masters 1000.

O suíço, quinto da hierarquia mundial, vai disputar o título com o norte-americano John Isner, atual campeão do torneio, que bateu o canadiano Félix Auger-Aliassime por 7-6 (3) e 7-6 (4).

Federer, de 37 anos, precisou de apenas uma hora e 13 minutos para se impor a Shapovalov, de 19 anos, que enfrentava o seu ídolo pela primeira vez.

«Estou satisfeito com a vitória e com a forma como joguei contra uma jovem promessa que tem um grande futuro pela frente», afirmou no final do jogo o suíço, que procura conquistar o quarto título no Masters de Miami e o 101.º da carreira.

Este fim-de-semana, Federer torna-se então no primeiro tenista a disputar 50 finais em torneios Masters 1000, ultrapassando Rafael Nadal, que tinha igualado este mês em Indian Wells.

Tenistas com mais finais em Masters 1000:

50 – Roger Federer

49 – Rafael Nadal

47 – Novak Djokovic

33 – Ivan Lendl

29 – Jimmy Connors

26 – John McEnroe

23 – Andre Agassi

21 – Andy Murray, Boris Becker

20 – Bjorn Borg, Stefan Edberg