Rafael Nadal criticou a forma de designação dos cabeças de série do torneio de Wimbledon, que privilegia quem obtem os melhores resultados na superficie de relva em detrimento do ranking ATP.

«Não me parece bem, até porque é apenas Wimbledon que o faz», disse, em entrevista ao canal Movistar, o atual número dois do mundo, que foi relegado para terceiro cabeça de série no Grand Slam inglês atrás de Novak Djokovic e de Roger Federer, que ocupa o terceiro lugar da hierarquia mundial.

Para Nadal, esta forma de designação prejudica quem joga bem em várias superfícies ao longo da época.

A recente vitória de Federer em Halle (a décima da carreira no torneio alemão) permitiu ao suíço obter o estatuto de segundo cabeça de série em Wimbledon.