Sá Pinto, treinador do Boavista, na sala de imprensa, após derrota por 2-1 frente ao Boavista:

«Foi um resultado muito injusto. Na primeira parte tivemos bem, mas o Boavista acabou por fazer um golo, no meu ponto de vista, num lance faltoso. Na segunda parte, demos tudo e voltamos a ser aquela equipa que tanto me orgulhei. Quando assim é, mesmo sem termos muito talento ofensivo, conseguimos criar e fazer golos. A cima de tudo, a equipa vive do coletivo.

Não podemos é, depois do grande esforço que fizemos, não sei se é falta ou não, estamos por cima do jogo, perder, da forma que foi, é terrível. Já não dependemos de nós para nos salvar diretamente. Temos de ganhar os dois jogos para nos salvar ou, pelo menos, ir ao play-off. Vamos acreditar até ao final, mas estes detalhes não se podem repetir porque isto tem sido a nossa época e paga-se muito caro a este nível.

[entrou no jogo com quatro laterais, porquê a aposta?] O André Luís só estava disponível para 30 minutos e quando ele disser que está a 100%, vai a jogo. Temos muitas limitações, mas tanto o Pedro como o Paulo fizeram um grande jogo. Não temos tido a felicidade que a equipa merece».