Morreu Vítor Campos, internacional português na década de 60 e histórico da Académica, aos 74 anos.

Vítor Campos fez toda a carreira na Académica, tendo vestido a camisola da Briosa em 345 jogos entre 1963 e 1976. É o sexto jogador com mais encontros efectuados na história do clube.

Natural de Torres Vedras, formado em Medicina pela Universidade de Coimbra, Vítor Campos participou em duas finais da Taça de Portugal, em 1967 e 1969, e integrou a equipa da Académica que foi vice-campeã nacional em 1966/67.

Foi figura de proa da Briosa em plena crise académica, quando a equipa teve um papel relevante na luta dos estudantes contra o regime ditatorial.

O corpo do antigo extremo vai estar em câmara ardente a partir da tarde desta sexta-feira no Estádio Cidade de Coimbra e o funeral realiza-se no sábado, a partir das 10:00, em Coimbra.