O brasileiro desvalorizou os jogos que o Benfica vai efectuar antes do encontro com os arsenalistas. A seu ver, os encontros do clube da Luz contra o Marselha esta quinta-feira para a Liga Europa, e contra o F.C. Porto para a Taça da Liga, não vão favorecer a equipa de Domingos Paciência.

A ficha individual de Mossoró

«O calendário do Benfica não traz nenhuma vantagem para nós. Eles estão noutras competições e resta-nos preparar o jogo da melhor maneira possível. É lógico que vamos ter mais tempo para trabalhar e melhorar para chegar ao Estádio da Luz e fazer um jogo perfeito», explicou o médio brasileiro, depois da visita da equipa bracarense à escola EB1 da Gandra, na freguesia de Ferreiros.

Em relação à importância do jogo, Mossoró tentou baixar a pressão: «Todos os jogos são decisivos, depois desse ainda faltam seis partidas, que equivalem a 18 pontos. O jogo contra o Benfica não vai decidir nada». O último embate com um «grande» não foi favorável ao Braga, que tombou no Dragão por 5-1. Mas o brasileiro do Braga já explicou que cada jogo é um jogo.

«Não pensamos mais nesse jogo, nem na última vitória, porque é passado. Agora é o presente, é um jogo muito complicado com o Benfica e tudo pode acontecer». O Braga ocupa terrenos que normalmente não pisa na Liga. O segundo lugar do campeonato não foi planeado, mas Mossoró explicou que a vitória é sempre o objectivo dos minhotos.

«Não vou dizer que planeávamos estar nesta posição, nesta altura, porque a nossa estratégia era jogo a jogo e planeávamos, sim, ganhar jogos».