scudetto

O técnico mostrou-se resignado com a derrota. Mourinho acredita que o jogo poderia ter terminado sem golos, mas a existir um vencedor o português diz que tinha mesmo de ser... o adversário: «Era uma partida para 0-0, mas aceito o resultado. No segundo tempo perdemos o controlo do jogo e depois chegou o belo golo do Nápoles. Se alguém merecia ganhar, ainda que com um pouco de sorte, era, sem dúvida, o Nápoles, que colocou maior intensidade e ambição em campo.»