«Um abraço e felicitações sinceras a um grande do nosso desporto. Pelo contributo que soube dar ao papel de treinador no futebol, pelas extraordinárias vitórias na sua carreira e em particulares pelas obtidas no banco do Inter, e sobretudo pela sua sempre jovem vontade de vencer e trabalhar no terreno, que é o mundo comum a todos nós, sem fronteiras, como Trap sabe», escreve Mourinho.