Os norte-americanos, comandados por Jürgen Klinsmann, venceram no Ohio o México por 2-0, afundando ainda mais o conjunto azteca, que despediu há dias o seu selecionador José Manuel de la Torre. Eddie Johnson, aos 50, e o histórico Landon Donovan, aos 78, assinaram os golos. Diego Reyes foi titular no lado mexicano.

Os aztecas caem para o quinto lugar, que nem lhes garante uma última oportunidade de qualificação, num playoff frente ao apurado da Oceania, a Nova Zelândia. Essa pertence ao quarto classificado, agora o Panamá, que sobreviveu nas Honduras, com um empate a dois golos. Num encontro muito disputado, Costyl inaugurou o marcador aos 27 minutos, Gabriel Torres igualou aos 50, e Wilson Palacio, numa excelente jogada individual, fez o 2-1, aos 61. Já nos descontos, Gabriel Torres bisou e salvou um ponto para os panamianos.

Veja aqui o golo do avançado do Stoke City:

Com o empate entre Honduras e Panamá, a Costa Rica nem precisou de vencer na Jamaica, bastando-lhe um empate a uma bola, em Kingston, para fazer a festa. Randall Brenes fez o tento costa-riquenho aos 75 minutos, mas Jermaine Anderson igualou já no segundo minuto de descontos. A festa tinha sido apenas adiada uma hora.

A dois jogos do fim, os Estados Unidos estão na frente com 16 pontos, mais um do que a Costa Rica. As Honduras têm 11. Seguem-se Panamá e México, com oito pontos. A Jamaica é última, com quatro.