Antes desse instante salvador para os campeões do Mundo e da Europa, o herói da partida chamava-se Vargas. O atacante chileno marcara aos 5 e aos 44 minutos, com o segundo dos golos a ser excecional.

Entre os dois momentos, Soldado confirmava o belo arranque de época e marcara o primeiro da Espanha. O passe foi também de Pedro e o ponta-de-lança finalizou de cabeça.

Javi Garcia, antigo médio do Benfica, foi titular no meio-campo espanhol.

As equipas alinharam da seguinte forma:

ESPANHA: Valdés; Arbeloa, Albiol, Sergio Ramos e Monreal; Javi García, Xavi e Cesc Fabregas; Cazorla, Pedro e Soldado.

Jogaram ainda: Reina, Nacho, Koke, Negredo e Jesus Navas

CHILE: Bravo; González, Medel e Jara; Isla, Vidal, Díaz, Mena e Pizarro; Alexis e Vargas.

Jogaram ainda: Beausejour, Pizarro e Fernandez

[artigo atualizado]