A «Joia» vai falhar o duelo com a Alemanha, esta terça, na meia-final e certamente também a final (ou o terceiro/quarto, no sábado, dia 12, caso o Brasil perca com a Alemanha).

Neymar sofreu uma fratura na terceira vértebra lombar após sofrer uma joelhada do colombiano Zuñiga, nas costas.  Saiu de maca, pouco antes do final do segundo tempo, e está fora do Mundial.

Neymar foi examinado na clínica do estádio, primeiro, mas depois numa clínica particular. Foi avaliado na Clínica São Carlos, na zona norte de Fortaleza, onde chegou a chorar, de maca, e já medicado. 

O jogador recebeu, nessa altura, previsão de recuperação de quatro a seis semanas. Mais tarde, médicos da seleção garantiram que Neymar não necessita de operação, mas confirmam tempo de paragem de algumas semanas. Completamente impossível que recupere para os dois últimos jogos do Mundial.

O médico da seleção brasileira, José Luis Runco, garantiu que o jogador sentia tantas dores que até foi difícil fazer os exames. Rodrigo Lasmar, outro médico da equipa brasileira, confirmou a tese, citado pelo UOL: «Tomou analgesia. Doeu muito. A fratura é uma suspeita. Só vai ser descartado após exames que vamos fazer no hospital. O Exame clínico foi feito com muita dor. Difícil até de ser analisado pela dor do atleta».

Uma pena!