O presidente do organismo, Joseph Blatter, não escondeu o entusiasmo com o interesse de tão diferentes candidatos, apesar de já ter assumido publicamente que não é defensor de candidaturas conjuntas. «Estamos muito satisfeitos com o nível fantástico de interesse pela nossa competição de referência, com todos os interessados a entregarem o registo de candidatura. A diversidade e qualidade dos candidatos tornará este processo muito interessante», comunicou Blatter após o fecho das «inscrições».

Blatter salientou o carácter «universal e o poder global» deste grande evento desportivo e congratulou-se pela «importância que os Mundiais FIFA» adquiriram nos últimos anos.

O próximo passo relativo às solicitações realizar-se-á no mês de Abril, com a entrega pela FIFA aos 11 países registados do dossier de candidatura. O documento integra «em detalhe o conteúdo, os acordos e a informação que deverá ficar incluída no caderno de encargos.» O prazo limite para entrega de toda essa documentação está fixado para 11 de Dezembro de 2009.