O Estádio 974 começou a ser desmontado nesta terça-feira, horas depois de ter sido palco do Brasil-Coreia do Sul (4-1), o sétimo jogo realizado no primeiro estádio desmontável da história dos Campeonatos do Mundo.

A obra teve um custo estimado de 300 milhões de euros. Agora, o estádio que foi construído a partir de 974 contentores marítimos - e que foi batizado com o indicativo telefónico do país (00974) - vai dar lugar a zonas verdes e de lazer.

Durante a manhã desta terça-feira foram retiradas todas as lonas e grelhas que circundavam o estádio, enquanto eram limpas as zonas adjacentes, num processo que decorre antes mesmo do final do Mundial 2022.

O Estádio 974 é primeiro dos três da competição que vão desaparecer depois dos oitavos de final do Campeonato do Mundo.