Depois da Arábia Saudita, o Japão também fez questão de deixar o mundo boquiaberto. Os nipónicos derrotaram a candidata Alemanha no jogo inaugural do grupo E e tiveram em Takuma Asano o seu herói, qual Oliver Tsubasa.

No entanto, a história poderia ter sido bem diferente, uma vez que o avançado, que joga precisamente nos alemães do Bochum, esteve para nem jogar o Mundial 2022. As lesões quase o deixavam de fora da lista de Hajime Moriyasu, mas o selecionador, fã da sua habilidade para jogar nos corredores,decidiu inclui-lo na convocatória e em boa hora o fez (!).  

O «Jaguar», como é conhecido pela celebração que normalmente faz, mostrou às garras à Alemanha, o país onde joga.

Este texto foi baseado no perfil de Takuma Asano que pode ler no dossiê dedicado à seleção do Japão, um dos vários conteúdos publicados no âmbito da Guardian Experts’ Network, a rede de meios de comunicação que tem o Maisfutebol como representante português, para partilha de informação relativa ao Mundial 2022.