Mais de cinco mil pessoas foram detidas por toda a Ásia durante uma investigação policial da Interpol às apostas ilegais no Campeonato do Mundo de futebol.

As autoridades revelaram que mais de dez milhões de dólares (7,7 milhões de euros) foram apreendidos durante as rusgas «em cerca de 800 casas de apostas« na China, Malásia, Singapura e Tailândia.

Os resultados dos jogos da fase final realizada nas últimas semanas na África do Sul farão parte da acusação, mas não é claro nesta fase se terão ou não sido influenciados de alguma forma pelo volume de apostas.