A seleção dos Estados Unidos, adversária de Portugal no Mundial2014, empatou a duas bolas com os rivais do México.

Em Phoenix, perante mais de 59 mil espectadores, os «states» estiveram a ganhar por 2-0, com Michael Bradley em destaque. O antigo jogador da Roma, agora no Toronto FC, apontou o primeiro golo, na sequência de um canto (15m) e fez a assistência para o segundo, de Chris Wondolowski, aos 28.

O experiente Rafael Marquez, capitão mexicano, reduziu a diferença ao minuto 49, também na sequência de um canto. Alan Pulido estabeleceu a igualdade final aos 67 minutos, na recarga a um remate ao poste.

Destaque ainda para um golo mal anulado a Eddie Johnson, que motivou uma «dança» curiosa do selecionador Jurgen Klinsmann.