Não tendo sido titular indiscutível, foi sempre uma unidade a ter em conta, um jogador que, quando entrava, criava quase sempre perigo e ajudava, com regularidade, a resolver jogos.

Médio-ofensivo, muito móvel, tem o perfil adequado para atuar atrás do ponta-de-lança e mostra uma grande versatilidade, sendo capaz de jogar em quase todas as posições entre o meio-campo e o ataque.

De estatura média, compensa um porte físico não muito impressionante com uma grande mobilidade e um poder de remate muito significativo.

Deu os primeiros passos no Bahia. Passou por São Paulo, Palmeiras, Canoas, Noroeste, Santo André e Corinthians.

Insatisfeito no Timão (onde, mesmo assim, fez 53 jogos e marcou 15 golos), ingressou no Benfica em 2011, por cinco milhões de euros, após ter sido criticado pelos adeptos da Fiel pela eliminação na Libertadores.

Estava feliz na Luz, mas protagonizou mudança improvável para o Al Ahli Jeddah, da Arábia Saudita, em janeiro.

Até onde poderá chegar Bruno César?

BRUNO CÉSAR

Nome: Bruno César Zanaki

Data de nascimento: 3 de novembro de 1988 (24 anos)

Naturalidade: Santa Bárbara d'Oeste, São Paulo, Brasil

Posição: Avançado

Altura: 1, 77 metro

Peso: 83 quilos

Percurso: Bahia (2005-2006), São Paulo (2007), Grêmio (2008), Canoas (2009), Noroeste (2009), Santo André (2009, 2010), Corinthians (2010, 2011), Benfica (2011/2012), Al Ahli Jeddah (2013)

Principais títulos: uma Taça da Liga (2012), um Brasileirão (2011), Taça Belo Horizonte de Futebol Júnior (2008), Campeonato Brasileiro de sub-20 (2008), Craque Revelação do Brasileirão (2010, pelo Corinthians)