Já na altura da contratação, adeptos e mesmo dirigentes do Santos acharam estranho: Marcos Assunção tem um dos salários mais elevados do plantel, apesar da idade e da pouca utilização.

Se tal não bastasse, e de acordo com o UOL Esporte, o experiente médio irá ser aumentado em dez por cento, na sequência do estava previsto no contrato. As atuações escassas não impedirão esse reajustamento.

«O responsável pela contratação deveria ser expulso do quadro associativo do Santos e ainda devolver o montante para o clube. Ele (Assunção) está recebendo seus trocos, sem fazer questão de jogar. Esse camarada que deu o aval para a contratação, independente de quem seja: presidente, vice, integrante do Comitê Gestor, deveria ser expulso do clube. Esse é um dos motivos que eu pedi o afastamento do conselho», afirmou Celso Leite, dirigente do Santos, citado pelo UOL Esporte.