A anterior marca pertencia ao australiano Eamon Sullivan, que nadou a distância em 47 segundos e 5 centésimos, nos Jogos de Pequim. Bernard - actual campeão olímpico - tornou-se, assim, o primeiro a ultrapassar a barreira dos 47 segundos.

«Sabia que vinha aqui com as condições reunidas para fazer qualquer coisa», disse o atleta, citado pelo jornal francês «Le Monde». «Ser o primeiro abaixo dos 47 segundos é mítico». Esta é já a quarta vez que o francês bate o recorde na distância.