«Não saí triste com o treinador Jorge Jesus. Saí contente, sinto-me bem em França. Ele faz as escolhas dele. Não é fácil ficar num grande plantel como o do Benfica. Coube-me sair e estou contente por poder jogar na liga francesa», afirmou o ponta de lança ainda no aeroporto, antes de seguir viagem para Rennes.

No que diz respeito ao futuro, Nélson Oliveira pouco adianta: «É com o Benfica que tenho contrato assinado. No final da época tenho de regressar, mas é cedo para pensar nisso. Estou a pensar em fazer uma boa época no Rennes e depois logo se verá.»