«Se me derem mais responsabilidade do que a que já tenho é sacanagem. Responsabilidade temos sempre. Todos nós. O futebol não é ténis, que só tem um jogador. São 11 jogadores mais os suplentes e a equipa técnica. Cada um de nós tem a sua responsabilidade», afirmou o jogador do Barcelona.

Em relação à sua nova experiência em Espanha, Neymar garante ter uma vida mais tranquila do que tinha no Brasil. A rotina e o menor número de compromissos são as razões que justificam a tranquilidade no dia a dia do futebolista.

Nos últimos anos, o jovem de 21 anos foi o principal craque do futebol brasileiro e por isso dividia os treinos no Santos com os inúmeros compromissos comerciais.

Em Espanha, apesar da popularidade crescente, Neymar explica: «Não conheço a cidade, por isso vou de casa para o trabalho. Tenho mais liberdade».

O internacional brasileiro diz que a sua vida «mudou um pouco» porque é uma «cultura um pouco diferente», mas garante «gostar de tudo, das pessoas, da cidade e do clube».

A seleção brasileira joga este sábado contra a Austrália e na próxima terça-feira, dia 10, defronta a seleção portuguesa em Boston, nos Estados Unidos da América.