«Sinceramente, é impossível, mas o ideal era que perdessem os dois», disse o avançado, que vai acompanhar as incidências do encontro: «Há mecanismos, hoje em dia, para se ir sabendo o que se passa. Não podemos negar que estamos interessados no resultado.»

Em relação à festa benfiquista, Nuno Gomes disse que o clube estava de parabéns «pela vitória frente ao Leixões e pelo aniversário». «São 105 anos de um clube enorme», considerou o jogador, antes de comentar o prémio carreira atribuído ao Pantera Negra: «O Eusébio é o Benfica e merece todas as homenagens que lhe possam fazer.»