O símbolo foi encontrado numa estação que foi inaugurada há cerca de um mês, mas nenhum dos trabalhadores da obra assume a autoria do mistério.

A descoberta gerou polémica e responsáveis dos caminhos de ferro já disseram que vão retirar o escudo porque, como são uma empresa pública, têm de manter-se neutrais.