Em entrevista ao site oficial do clube, o futebolista elogiou o técnico.

«No passado, muitos jogadores cresceram sob a sua orientação e é por isso que eu decidi vir para o Arsenal, o treinador deu-me a sua confiança», disse o jogador que deixou o Real Madrid no final da janela de transferências.

Ozil revelou ainda que teve várias conversas com Arsène Wenger ao telefone e que o francês lhe disse o que pensava dele e a sua visão de jogo. «Isso convenceu-me e é por isso que agora estou no Arsenal», admitiu o internacional alemão. Em relação à mudança de Madrid para Inglaterra, Mesut afirma que foi a «decisão perfeita» e está «ansioso para o novo desafio».

Apesar da ausência de títulos no passado recente do Arsenal, Ozil acredita que o clube «quer ter mais sucesso e vai ganhar troféus porque tem potencial para tal». O jogador de 24 anos não poupou ainda elogios à Premier League, garantindo que está «feliz por jogar na liga mais forte do mundo».

Na entrevista divulgada no site do Arsenal, Ozil revelou ainda a admiração que tem por Zinedine Zidane, porque considera que «foi um jogador perfeito, forte na defesa e no ataque».