Segundo a BBC e a Sky, o acordo está feito por uma verba próxima dos 50 milhões de euros, com o alemão a cumprir, ainda nesta segunda-feira, os exames médicos que permitirão oficializar a contratação. Será, por larga margem, a transferência mais cara na história do clube londrino: o anterior recorde era de 20 milhões de euros, pelo passe de José Antonio Reyes.

Recorde-se que a imprensa espanhola dava conta, esta manhã, das dificuldades criadas pelo jogador, que estaria relutante em confirmar a transferência, já depois do acordo entre os dois clubes. No entanto, Özil, que está atualmente ao serviço da seleção, está, segundo a imprensa alemã, a cumprir já esta manhã exames médicos em Munique, de forma a oficializar a mudança. Por isso, não participou na primeira sessão de treino dos comandados de Joachim Low.