Paulo Bento, treinador do Sporting, depois da vitória sobre o P. Ferreira (2-0), no Estádio de Alvalade, em jogo da 21ª jornada da Liga:

«Não digo que foi um jogo fácil, digo que foi um jogo em que ganhámos bem. Tivemos 45 minutos muito bons em que conseguimos chegar à vantagem. Tivemos mais algumas situações em que podíamos ter dilatado o marcador. Na segunda parte gerimos bem o jogo, na posse de bola e, defensivamente, também conseguimos controlar bem o jogo quando começámos a perder mais bolas. Penso que foi uma vitória boa, o golo deu alguma tranquilidade à equipa e também alguma confiança. Depois podíamos ter dilatado ainda mais o resultado. Zero oportunidades do adversário, por isso uma vitória perfeitamente justa».

Paulo Sérgio falou em demérito do Paços, concorda?

«O demérito de uma equipa e o mérito da outra estão quase sempre relacionados. O futebol é um jogo de erros onde há que não cometê-los, provocá-los e aproveitá-los. É uma vitória que, pela qualidade com que foi construída, além de justa, é de grande mérito dos jogadores, pela forma como conseguiram chegar à vantagem e pela forma como souberam gerir o resultado».

Disse que a equipa estava pressionada, gostou da resposta dos jogadores?

«Não disse isso concretamente para este jogo, foi dito num contexto que temos de assumir. A verdade é que quem está com uma desvantagem em relação aos adversários directos tem uma pressão acrescida. Hoje foi importante fazer um golo cedo e ficar em vantagem. É preciso que a equipa em termos emocionais se mantenha tranquila e nos momentos adversos, que também vão haver, os saiba gerir. A resposta dos jogadores foi boa porque entrámos com boa dinâmica».

A equipa voltou a falhar na finalização, o que pode fazer para melhorar nesse capítulo?

«Acima de tudo, continuar a trabalhar de forma a que possamos continuar a criar oportunidades e esperar que, com o trabalho, haja mais eficácia. É um facto e hoje foi mais uma realidade, que face à qualidade do que construímos, acabámos por não revelar uma eficácia condizente. É um problema que vamos continuar a insistir para o melhorar».

Os adeptos hoje estiveram com a equipa, apesar de algumas mensagens de uma das claques¿

«Apraz-me registar o ambiente que se viveu. Foi um ambiente bom para a equipa, os jogadores trabalham melhor num ambiente de apoio. É natural que os jogadores com o ambiente que se viveu hoje em Alvalade tenham melhores condições de fazer o seu trabalho. Espero que este apoio possa ser no próximo sábado [frente ao Rio Ave] tão bom como foi hoje. Estamos num momento decisivo da temporada e quanto mais juntos estivermos mais fácil será conseguirmos os objectivos».