César Peixoto, treinador do Paços de Ferreira, em conferência de imprensa, depois da derrota diante do Benfica (2-3), no Estádio da Luz, em jogo em atraso da 3.ª jornada da Liga:

Como é que viu o jogo desde a bancada?

- Fizemos um bom jogo, apesar de todas as dificuldades que falei na antevisão, viemos aqui disputar o jogo. Os jogadores cumpriram na perfeição o plano que elaborámos, acabámos por perder com o Benfica, mas podíamos ter levado daqui mais qualquer coisa. O Benfica criou mais algumas situações, o que é normal, nós vínhamos de um período menos positivo. Parabéns ao Benfica pela vitória. Penso que o penalti é um pouco duvidoso, mas foi assinalado. Com o empate ao intervalo, podíamos ter abordado o jogo de outra maneira. Na parte final também podíamos ter chegado ao empate.

Considera que não é penálti sobre Gonçalo Ramos?

- São vocês [jornalistas] que têm de julgar. Não sou árbitro, sou treinador. O que me parece é que é duvidoso. Não sei se é ou se não é, mas parece-me muito duvidoso. Tecnicamente, não sou a melhor pessoa para avaliar. Foi marcado penálti, o Benfica fez o 2-1, nós fizemos um grande jogo. Isso é que me importa. Pedi à equipa para entrar como equipa e acabar como equipa. Hoje foos uma verdadeira equipa, fizemos aqui um grande jogo. Essas questões não são para mim. Tenho dúvidas, mas tecnicamente não sei explicar se é ou não é.

Plantel ainda indefinido já com a época a decorrer. Como explica?

- Tivemos percalços, fomos contratando, mas devagar, perdemos oito titulares. Vamos formando um bom plantel, mas quando estiverem todos em boas condições poderemos fazer um campeonato dentro do normal, criar bom futebol, ganhar consistência e voltar às vitórias. Temos jovens e jogadores novos na Liga, mas temos muitos lesionados. Há jovens com talento que precisam dos mais experientes para ter sustento. Apesar dos percalços a equipa tem crescido. Gostei hoje da equipa, não abdicámos de jogar, vai ser uma equipa competitiva e vamos fazer um bom campeonato.

Apesar das condicionantes, tira aspetos positivos deste jogo?

- Com certeza. A equipa tem margem de progressão muito grande. A equipa foi tentando, mas o Benfica tem estado muito bem. Era importante vir aqui dar uma boa resposta, de igual para igual, organizados, e acabámos por fazê-lo. Vamos ter mais opções e com esta postura e organização estaremos mais perto de vencer. A equipa deu um passo em frente.

Benfica sentiu dificuldades em travar as transições do Paços. Isso foi trabalhado?

- Tivemos pouco tempo para trabalhar. O Benfica com os dois centrais e dois médios, projeta os laterais, forma ali um quadrado e tentámos aproveitar esse espaço e acabou por surtir efeito. O plano foi bem elaborado, os jogadores cumpriram na perfeição e nós podíamos ter saído daqui com mais qualquer coisa.

Koffi bisou, vai ser um jogador importante esta época?

- O Koffi tem caraterísticas diferentes, é forte nas diagonais, muito rápido, possante. Não esteve tão bem no apoio frontal, mas dentro do que lhe foi pedido fez um bom jogo. Está a adquirir ritmo. Tento ter o Adrián mais de apoio e o Koffi mais nas diagonais, iremos jogar em função do que precisarmos para cada jogo. A equipa hoje jogou com caráter e personalidade.