Após a derrota na final da Taça da Liga, Paulo Bento não quis dar pistas sobre o seu futuro, mas foi admitindo algum cansaço, nomeadamente como consequência do sentimento em relação à arbitragem:

Admito que estou cansado. Disto então estou muito cansado, assim como admito que outras pessoas estejam cansadas de outras coisas a meu respeito. São muitas situações. No momento certo, com as pessoas indicadas, irei tratar disso. Quem trabalha comigo sabe aquilo que eu penso.»