Os assobios dirigidos a Miguel Veloso, em especial depois do lance do golo da Naval, foram tema abordado na conferência de imprensa de Paulo Bento, que na época passada criticou os adeptos por terem assobiado Farnerud:

«Não devemos comparar os casos, porque não são iguais. Mas os jogadores têm direito ao erro e se há pessoa para assumir as questões colectivas e os erros individuais, essa pessoa sou eu. O Miguel teve um lance infeliz, que pode acontecer a qualquer um, mas acabou por reagir bem. Continuou a mostrar-se para jogar e a disponibilizar-se para apagar esse erro, e a equipa teve capacidade para se colocar novamente em vantagem, apesar de alguma intranquilidade.»

[artigo actualizado]