Portugal chegou esta terça-feira à Coreia do Sul, onde se disputa o Mundial de Sub-20, depois do estágio de uma semana no Japão, onde também jogou com os EUA e venceu por 2-1. Pedro Delgado é um dos convocados de Emílio Peixe para esta prova e jogou meia hora neste encontro com a equipa norte-americana, o último de preparação.

Depois das presenças nos Campeonatos da Europa de Sub-17 e de Sub-19, com a geração de 1997, o médio ofensivo do Sporting B chega à terceira fase final de provas de seleções com 36 internacionalizações, somadas desde os sub-16.
 
Na bagagem leva também a experiência de três anos no futebol italiano, ao serviço das camadas jovens do Inter de Milão, e uma temporada com 28 jogos e cinco golos com a camisola do Sporting na II Liga.
 
No verão passado esteve para ir para o Benfica, mas acabou no Sporting e já foi chamado por Jorge Jesus para treinar com a equipa principal. Sportinguista desde sempre, formado também em Alcochete, diz que é profissional e que jogaria sem problemas no outro lado da Segunda Circular.

Ainda assim, por agora a principal preocupação do médio é que Portugal consiga triunfar no Campeonato do Mundo de Sub-20. À conversa com o Maisfutebol, ainda em solo português, Pedro Delgado deu conta das expetativas para a competição, abordou o passado e falou do futuro.

Com dupla nacionalidade, o médio de 19 anos, disse também que nunca pensou em jogar por Cabo Verde: «Por ter jogado sempre por Portugal, o meu objetivo é chegar à seleção principal. O meu pai jogou por Cabo Verde, mas não sei. Talvez se não conseguir chegar à seleção nacional AA, quem sabe, poderei jogar por Cabo Verde. Agora não penso nisso.»

Os eleitos de Emílio Peixe para o Mundial de Sub-20, à exceção de Aurélio Buta que foi substituído por Hélder Ferreira
 
Pedro Delgado e o título na Coreia do Sul: «Temos de acreditar que é possível»
 
Para Pedro Delgado o Mundial não «vai ser fácil» e Portugal tem de entrar bem no primeiro jogo «porque o primeiro é sempre o mais importante neste tipo de competições». «O mais importante e o mais difícil, com uma realidade diferente daquela a que estamos habituados, neste caso, que é a da Coreia do Sul», disse.
 
No entanto, o médio disse que não espera facilidades em nenhum dos encontros e não consegue escolher entre a Zâmbia, Costa Rica e Irão, o adversário que será mais fácil: «São seleções fortes, com características e dificuldades diferentes. Chegaram até esta fase porque têm qualidade e vão querer mostrar que podem ir longe, como qualquer outra seleção.»
 
E Portugal, depois das últimas campanhas, pode aspirar a vencer o Mundial? «Claro que gostávamos e vamos fazer tudo para ir o mais longe possível. Mas o nosso o objetivo, para já, é passar a fase de grupos e, se possível, em primeiro lugar e depois logo vemos. É ir jogo a jogo. Temos de acreditar que sim», justificou.
 
O médio confia neste grupo, que já conhece há muitos anos e que «tem muita qualidade», mas também arrisca outras seleções como candidatas ao título: «A França, sobretudo por ser campeã europeia, e depois é de referir que as seleções sul-americanas e africanas são sempre fortes e também são sérias candidatas.»
 
Em março de 2016 num jogo de apuramento para o Europeu de Sub-19 diante da Suécia
 
«Benfica? Não chegámos a acordo e no dia seguinte assinei pelo Sporting»
 
Pedro Delgado começou a jogar à bola na companhia do pai, Amílcar Delgado, ex-jogador e treinador do Portimonense, e foi também o clube de Portimão que representou nos primeiros anos da formação. Rumou depois ao Sporting, em 2010/2011, mas a passagem foi curta.
 
«Voltei para o Portimonense dois anos depois porque me andava a portar mal e o meu pai quis dar-me um puxão de orelhas», contou, justificando: «Foi o melhor que ele fez na altura porque aprendi.»
 
Ao fim de mais um ano em Portimão chegou então a oportunidade de se mostrar ao Inter: «Fui lá duas vezes. A primeira não correu muito bem, mas na segunda correu muito melhor e consegui ficar. Foi um salto importante. Já estava nos juniores do Portimonense, com idade ainda de juvenil, e tive a hipótese de continuar a crescer num futebol diferente.»
 
Em Itália conviveu com Zanetti ou Guarin (ex-FC Porto), jogadores que admirava e que eram símbolo do clube de Milão: «Estar ao lado deles e treinar com eles foi fantástico. Ao início era estranho estar ali, mas depois tornou-se normal e claro que não sentia qualquer diferença. Sempre me trataram bem.»
 
Chegado a sénior, o médio percebeu que não seria opção na equipa principal do Inter e saiu. Inglaterra e outros clubes de Itália chamaram por ele, mas o Benfica e o Sporting também manifestaram interesse. Tendo vontade de regressar a Portugal, não desperdiçou.
 
Foi falado para o Benfica, e o Inter até deu o negócio como fechado, mas acabou em Alvalade. O clube da Luz foi depois obrigado a fazer um esclarecimento sobre o processo e o médio não nega: «Foi tudo muito rápido. Não chegámos a acordo e no dia seguinte resolvi tudo com o Sporting e assinei.» 
 
Nos festejos de um golo marcado ao Freamunde em Alcochete (Foto: Jornal Sporting)
 
Objetivo para a próxima época: «Ficar no plantel principal do Sporting»
 
Sem ilusões, Pedro Delgado chegou ao Sporting a saber que ia jogar na equipa B e aproveitou a experiência. Nesta primera temporada treinou ainda às ordens de Jorge Jesus e quando regressar da Coreia do Sul apontará à equipa, mas sabe que não será fácil.
 
«O meu objetivo, como qualquer jogador da formação e estando na equipa B, é obviamente chegar à equipa principal. Depende de mim e claro do treinador, se achar que devo já estar nesse patamar.»
 
E com o Portimonense de regresso à Liga, um empréstimo à equipa da cidade de onde é natural não seria bom? «Jogar na Liga é sempre melhor do que jogar na segunda, ainda que se cresça muito na II Liga, mas o meu objetivo é ficar no plantel principal do Sporting. Se não ficar logo se vê.»
 
Com contrato até ao verão de 2018, o médio, que considera ter características iguais às de Bryan Ruiz e tem Mesut Ozil como jogador preferido, disse que a renovação «não está» ainda a ser tratada, mas para já não está «preocupado»