O internacional português lesionou-se no último domingo aos dez minutos da segunda parte do jogo com o Blackburn Rovers. Uma ressonância magnética revelou uma lesão nos ligamentos e novos exames, sob anestesia, revelaram que o tornozelo direito de Pedro Mendes estava «instável», situação que não podia ser corrigida com um tratamento conservador.

A intervenção cirúrgica era a única opção e foi marcada logo para quinta-feira passada. «Correu bem, não era nada de complicado», contou um Pedro Mendes já em recuperação, mas sem esconder alguma frustração. «Não é só pelo Chelsea, agora vinham aí os jogos grandes, aqueles que todos os jogadores querem jogar. Manchetser United, Liverpool, Newcastle, Arsenal¿», comentou

Uma primeira estimativa aponta para uma paragem de duas semanas, mas depois Pedro Mendes terá ainda trabalho pela frente. «Eles querem que dentro de duas semanas já esteja a fazer fisioterapia e a correr no relvado, vamos esperar para ver», contou.