Falta de compromisso e empenho são expressões que não entram no rosário do Real Madrid, segundo o técnico. «Não acredito que os jogadores estejam já a pensar no Mundial antes de conquistar a Liga. Sinto a dedicação absoluta de todo o plantel. A falta de compromisso dos jogadores são especulações que vêm de fora», explicou.

Acerca do encontro com o Getafe, nesta quinta-feira, Pellegrini já adiantou que não vai poder nem com Kaká, nem com Benzema. Mas para os próximos dois jogos. Os dois jogadores deverão entrar nos planos do chileno «na semana que vem».

Pellegrini não gostou da atitude com que os seus jogadores entraram em campo contra o Sporting de Gijon. «Uma conversa com o plantel e com os jogadores individualmente» parece ter sido o antídoto que o treinador encontrou, de maneira a afastar essa atitude menos empenhada.

Sobre a sua prestação no comando da equipa madrilena, Pellegrini foi claro: «Já perdi a capacidade de responder a todas as barbaridades que dizem. O importante é ter o apoio interno, e isso eu sinto que tenho. O que acho estranho é que na melhor temporada do Real Madrid na Liga Espanhola, haja tantas críticas, sobretudo ao técnico».