As autoridades de Manchester esclareceram, através de comunicado, que foi feita uma investigação, cujos desenvolvimentos «foram dados a conhecer à vítima», que «apoiou a decisão» de não avançar com nenhuma acusação.

O caso reporta a 11 de Março, dia em que o Manchester United eliminou o Inter da Liga dos Campeões. Um adepto dos «red devils» apresentou queixa contra José Mourinho, alegando que este lhe teria dado um soco, junto à zona onde estava o autocarro que transportava a equipa italiana.