Fora da Taça da Liga (caiu nas meias-finais), fora da Taça de Portugal e quinto lugar do campeonato, já com 25 pontos perdidos – a 22 do líder e rival Benfica.

A época do Sporting tem estado aquém das expectativas, principalmente no passado recente (derrotas com FC Porto, Benfica e Sp. Braga nas últimas semanas), e, por isso, o Maisfutebol foi ao baú para saber se a prestação dos leões no campeonato é assim tão negativa atendendo à história do clube.

Numa pesquisa na qual todos os campeonatos foram contabilizados como se a vitória tivesse valido sempre três pontos, o nosso jornal verificou que, à 19.ª jornada, esta é apenas a nona pior época de sempre do Sporting.

LEIA MAIS: todas as notícias sobre o Sporting.

A pior foi em 2012/2013, numa temporada em houve quatro treinadores em Alvalade: Sá Pinto, Oceano, Vercauteren e Jesualdo Ferreira. À época, o emblema verde e branco tinha sete empates e sete derrotas – 35 pontos perdidos.

Em 66/67 e 68/69 (a vitória valia apenas dois pontos) os leões somavam sete empate e seis derrotas, com 32 pontos virtualmente perdidos, e em 87/88 e 09/10 tinham sete empates e cinco derrotas na mesma altura, com 29 pontos desperdiçados. Segue-se depois a temporada de 88/89, com 28 pontos perdidos, a de 56/67, com 27, e a de 97/98, com 26.

Esta época, como já foi referido, os homens de Silas têm já 25 pontos perdidos – fruto de dois empates e sete derrotas, cenário que já se tinha verificado 80/81 e 86/87, mas aí com cinco empates e cinco derrotas em ambas as temporadas.