O Manchester City voltou a golear, desta feita o Newcastle, em casa, por 5-0.

Numa partida que teve João Cancelo como titular – saiu ao intervalo – e Bernardo Silva a partir dos 61m, a equipa de Guardiola chegou ao intervalo a vencer por 2-0 e marcou mais três golos no segundo tempo.

O primeiro golo da partida foi marcado por Gabriel Jesus, aos 10m.

Aos 21m, Mahrez ampliou a vantagem, com destaque para Kevin de Bruyne, que chegou às 18 assistências no campeonato esta época.

Uma infelicidade de Federico Fernández esteve na origem do 3-0, com o defesa do Newcastle a fazer autogolo, após jogada de Gabriel Jesus.

O 4-0 chegou de bola parada, com um remate em arco indefensável de David Silva.

David Silva que voltaria a estar em destaque, e depois de ter feito a assistência para o 1-0 e de ter marcado o 4-0, recuperou a bola e deu de bandeja a Sterling, que fez o resultado final.

Noutro jogo com portugueses em campo, o Wolverhampton perdeu com o Sheffield Utd, com um golo sofrido no último lance do jogo, que atrasa a equipa de Nuno Espírito Santo na luta pelo apuramento europeu.

O técnico português apostou em quatro portugueses na equipa titular – Rui Patrício, João Moutinho, Rúben Neves e Diogo Jota.

O golo do Sheffield foi apontado por Egan, no terceiro e último minuto de compensação, garantindo o triunfo da equipa da casa, que fica apenas a um ponto dos Wolves, no sétimo lugar da Premier League.

Com esta derrota, a equipa mais portuguesa de Inglaterra pode ver o Manchester United, quinto classificado, ficar a seis pontos de distância.

No outro jogo da tarde, o Burnley venceu o West Ham por 1-0.