«Se eles o quiserem fazer... É para isso que existem os tribunais», afirmou o técnico do Sporting, que de resto recusou comentar a nomeação de Bruno Paixão para apitar o V- Guimarães-Sporting deste sábado.

«Não comento nomeações, nunca comentei, com a excepção que já vos disse uma vez. Neste meu trajecto no Sporting comentei uma nomeação, a do Rui Costa, para um jogo, salvo erro o Sporting-Penafiel, por causa de um litígio que havia», afirmou o treinador, para insistir na ideia mais à frente: «A 21 ou 22 de Outbro de 2005 disse que falava dos árbitros quando entendesse que devia falar. E vou cumprir até final do contrato. A certa altura disse que se calhar ia começar a comentar nomeações, mas depois deecidi que não. Antes do jogo não tenho por norma comentar o árbitro que vai apitar. Depois do jogo, se entender, irei fazê-lo como até aqui.»