O outro encontro é com o Nacional e pode valer uma presença na final da Taça de Portugal. Pedrinha, que volta a ser opção para Paulo Sérgio após dois jogos de suspensão, mostra-se optimista: «A final da Taça seria escrever uma página fantástica na história do clube, e, sinceramente, estamos convictos de que será isso que vai acontecer.»

Aos 30 anos, Pedrinha já não pensa em fazer o contrato da sua carreira. O jogador diz sentir-se bem no plantel dos castores: «Vivo o momento e só penso em estabilidade. Tenho mais dois anos de contrato com o Paços de Ferreira e sinto-me muito bem aqui.»