Terry conduzia o seu carro ao lado da sua mulher, e os fotógrafos ter-se-ão acotovelado para conseguir uma foto do casal mais falado do momento. O pessoal do estádio abriu caminho e quando o avançou o veículo de Terry atingiu um membro do «staff», que partiu uma perna, segundo a polícia. O jogador foi depois interrogado pelas autoridades.

O incidente foi confirmado por um porta-voz do jogador. «O John viajava a 2-3 milhas por hora, dirigindo-se à saída no parque de estacionamento, quando foi rodeado por uma série de fotógrafos que rodearam o carro», explicou o representante de Terry, garantindo que este não percebeu que tinha embatido em alguém: «Ele seguiu viagem sem consciência do incidente, mas foi informado e já telefonou à pessoa e falou com ela.»

Phil Hall, porta-voz do jogador, é de resto citado pelo «Guardian» a dizer que terry foi informado mais tarde do incidente e «ofereceu-se voluntariamente para ir á esquadra, tendo feito um teste de alcoolémia».

(Notícia actualizada)