Carlos Queiroz, seleccionador nacional, no final da vitória sobre a China, referindo-se aos assobios de que a equipa portuguesa foi alvo, na segunda parte:

«Não vou fazer comentários sobre a conduta de algum público. Penso que aquela atitude não cai bem na generalidade dos portugueses. Se o jogo fosse na China, isto não aconteceria. Sempre que lá tive jogos, vi os adeptos a aplaudir do princípio ao fim e a deliciarem-se com os jogadores portugueses. Falar mais sobre isto, seria redundante, desnecessário e penso que seria inconveniente estar a fazê-lo agora.»