Ricardo Carvalho, que também saiu recentemente de uma lesão, teve uma atenção especial da equipa técnica. Mas foi apenas por precaução: «Está bem. Um jogador que vem de uma lesão tem um programa específico de trabalho. É importante ser cuidadoso e fazer uma aproximação metódica. Só tivemos cuidado. Mas está perfeitamente apto em termos clínicos.»

Carlos Queiroz desvalorizou a ausência de Ibrahimovic, avançado do Inter, que cumpre castigo: «A equipa da Suécia não é Ibrahimovic é Larsson e outros. Tem um jogador brilhante que é a equipa. Estes jogadores e o treinador trabalham há muito anos juntos. Têm uma cultura de jogo estabelecida, experiência e maturidade. Não é o Ibrahimovic que me preocupa. Não é por causa dele que não temos tanto ou mais respeito pela Suécia. Mesmo sem ele é uma equipa muito forte colectivamente.»