«Infelizmente, como é óbvio e natural, já tinha essa informação há alguns dias. É lamentavel, é uma baixa significativa para a Selecção, mas também é o momento de desejar ao Bosingwa a sua rápida recuperação, porque isso é que é importante. Contar com ele tão cedo quanto possível nos estádios significa que ele estará bem e poderá servir a Selecção Nacional. Essa é a primeira e maior prioridade», começar por destacar.

«Já tinha essa informação, mas por razões médicas e do ponto de vista de confiança e confidencialidade que as pessoas depositam em mim, não podia divulgar a situação que o Bosingwa estava a viver. Em resumo, é uma baixa significativa para a Selecção, tem sido um jogador importante em todas as convocatórias e teve um contributo fantástico na nossa qualificação, mas o mais importante é desejar ao Bosingwa que a recuperação seja pronta e, tão depressa quanto possível, esteja de volta aos estádios», insistiu.