Quim

São sete jogos oficiais e mais um de pré-época. Com Quim no onze, o Benfica nunca venceu o Sp. Braga: houve cinco empates (com o tal do defeso) e três derrotas, todas no Minho. Sofreu nove golos na Liga e mais um no amigável.

Nestas contas, Quim teve o azar de não ter estado nos dois jogos da última época. Na primeira volta, o guarda-redes sofria de irregularidade exibicional, com muitos golos sofridos, incluindo pela Selecção no Brasil. Na segunda, Quique Flores dava minutos Moreira, porque já só se cumpria calendário.

Jogos pelo Benfica:

2009/10 - Sp. Braga-Benfica, 2-0 (jornada 9)

2008/09 - Não jogou nas vitórias do Benfica na Luz por 1-0 (jornada 14, com Moreira no onze) e em Braga por 3-0 (jornada 29, a aposta de Quique Flores foi outra vez Moreira)

2007/08 - Sp. Braga-Benfica, 0-0 (jornada 5); Benfica-Sp. Braga, 1-1 (jornada 20)

2006/07 - Sp. Braga-Benfica, 3-1 (jornada 10); Benfica-Sp. Braga, 0-0 (jornada 25)

2005/06 - Sp. Braga-Benfica, 3-2 (jornada 11); não jogou na Benfica-Sp. Braga, 1-0 (jornada 28, Moreira ocupou a baliza)

2004/05 - Benfica-Sp. Braga, 1-1 (pré-época); não jogou Benfica-Sp. Braga, 0-0 (jornada 4); Sp. Braga-Benfica, 0-0 (21ª)

Na Luz, no sábado, Quim vai cumprir o 20º jogo entre as duas equipas. É que o futebolista também já defrontou os encarnados com a camisola do Sp. Braga. E aí o saldo é claramente favorável ao Benfica. Sofreu oito derrotas, ajudando a sua equipa a alcançar um empate e três vitórias. Sofreu 27 golos.

Jogos pelo Sp. Braga:

2003/04 - Benfica-Sp. Braga, 2-0 (jornada 14), Sp. Braga-Benfica, 0-3 (jornada 31)

2002/03 - Benfica-Sp. Braga, 3-0 (jornada 12) Sp. Braga-Benfica, 1-3 (jornada 29)

2001/02 - Sp. Braga-Benfica, 0-1 (jornada 12), não jogou Benfica-Sp. Braga, 1-1 (jornada 29, Marco foi a opção)

2000/01 - Benfica-Sp. Braga, 2-2 (jornada 6); Sp. Braga-Benfica, 3-1 (jornada 23)

1999/00 - Benfica-Sp. Braga (jornada 10), 2-1; Sp. Braga-Benfica, 3-2 (jornada 27)

1998/99 - Benfica-Sp. Braga, 4-1 (jornada 11); Sp. Braga-Benfica, 2-1 (jornada 28)

1997/98 - Benfica-Sp. Braga, 3-0 (jornada 23); não jogou no Sp. Braga-Benfica, 1-1 (jornada 6, Wosniak foi o titular).

A temporada de 1997/98 seria a da afirmação para o jovem Quim. No defeso, Rui Correia saltou de Braga para o F.C. Porto. Sem convencer nas Antas, com o fantasma de Baía ainda a pairar, Andrzej Woźniak seria enviado para o Minho e tornar-se-ia a primeira aposta de Fernando Castro Santos. No entanto, tal como tinha acontecido com António Oliveira, não convenceu. O portista apostara no jovem Hilário para as redes dos dragões em grande parte da época anterior, o técnico espanhol veria em Quim o substituto do internacional. Apareceu aí um dos últimos bons guarda-redes do futebol português, que antes apenas tinha ficado com as «sobras» dos habituais titulares.