«Não sei bem. Se ganhar o Sporting fica tudo mais perto, mas não sei. Primeiro temos de vencer o nosso jogo. Depois, qualquer resultado pode ser benéfico», disse o técnico espanhol, em conferência de imprensa.

Quique entende, de resto, que após a conclusão da jornada será um bom momento para fazer um balanço da luta pelo título: «No mês de Fevereiro defrontámos o Porto, o Sporting e agora o Leixões. Depois será um bom momento para fazer contas. As diferenças ainda podem ser invertidas. É preciso ser muito regular e não ir abaixo perante uma situação pontual.»