Quique Flores, treinador do Benfica, estava naturalmente satisfeito com a conquista da Taça da Liga. O técnico espanhol acredita que o triunfo tira à equipa grande parte da ansiedade que tinha, e espera que isso se mantenha até ao final da época:

«Cumprimentei o Paulo (Bento). Foi um bom jogo, bem disputado. Nos jogos mais importantes da Liga, como frente ao F.C. Porto, não falei dos árbitros. Já disse que não falo. Entendo as dificuldades que têm, ao apitar jogos tão difíceis. Vou manter a postura que tenho desde o início da época.»

«Senti uma enorme satisfação. Assumimos a ansiedade que existia, para ganhar um título. Soltámos a ilusão de muitos meses de trabalho. Há uma dinâmica muito distinta da que havia. Nem melhor nem pior. Distinta. Os jogadores estão conscientes de que estão a trabalhar bem, e esta vitória dá tranquilidade. Tira-lhes alguma ansiedade, para mostrarem o seu valor.»

[pensa que esta conquista pode dar à equipa um «clic» para lutar pelo título?] «Espero que esse clic seja perder a ansiedade. Respirar tarde e ter de dar tudo no final mata a criatividade de um jogador. Oxalá que, nos últimos jogos, surja a qualidade de jogadores que nos podem elevar.»