«Tenho de clarificar essa situação, é importante para o jogador. Não foi uma situação directamente com Balboa. Estavam a fazer-se dois meínhos e o da minha direita estava um pouco mais devagar. Mandei-os correr para alterarem a mentalidade. Nesse momento, em que estavam a correr, falei para o grupo. Não foi uma reprimenda, foi apenas uma alteração no treino para um grupo de jogadores entre os quais estava Balboa. Se vocês interpretaram que as minhas palavras eram dirigidas a Balboa, devo aclarar que não foi assim», contou.

O treinador recusou ainda comentar o alegado interesse do Benfica em Afonso Alves, internacional brasileiro do Middlesbrough. «Até ao final da época, só me interessam os jogadores que estão no Benfica e os que podem fazer algo pelo Benfica. De resto, são apenas hipóteses. Respeito o vosso trabalho, mas não comento», referiu.