«Se fizermos a mesma exibição, penso que podemos conseguir um bom resultado. Não damos a época por finalizada. Faltam seis jogos, há 18 pontos em disputa e objectivos por conquistar. Temos desejo e força para enfrentar este desafio e vamos tentar fazer o melhor final de época possível», perspectivou o treinador do Benfica.

Ganhar todos os desafios até ao fim é, pois, meta ao alcance dos encarnados, bastando, depois, esperar pelas contas finais. «É esse o objectivo [vencer os seis jogos que faltam]. Estamos capacitados para o fazer», defendeu Quique Flores, lembrando, contudo, que para ter sucesso na frente da prova é preciso primeiro «chegar a quem está mais próximo, que é o Sporting».

Quanto ao V. Setúbal, que se debate com a manutenção na Liga, além de salários em atraso e ausência de Direcção, o técnico espera «uma equipa lutadora, agressiva e perigosa nos lances de bola parada», que prometeu enfrentar com «máxima intensidade», «concentração» e «acerto na hora de rematar à baliza». «Será dos nossos jogos fora um dos mais difíceis», concluiu.